Do que são feitas as suas pastilhas para a máquina de lavar loiça?

Do Que Sao Feitas As Pastilhas Para Maquina De Lavar Loica

O herói não reconhecido
Carregar e ligar a máquina de lavar loiça é um hábito que está tão entranhado nas nossas rotinas diárias que raramente paramos para pensar sobre a pequena e inteligente pastilha que faz a magia acontecer. Contudo, sem esta invenção habilmente concebida, os pratos das festas iriam permanecer sujos depois de entrarem e os restos do Esparguete à Bolonhesa iriam continuar em evidência na manhã seguinte.

Pequenas mas poderosas
Esperamos muito das nossas pastilhas para a máquina de lavar loiça. Elas devem lavar, claro, com o poder de eliminar diversas nódoas diferentes, desde ovo a chá, (ou desde nódoas de que possam ir à lixívia a nódoas proteolíticas), e devem ser eficazes e seguras em vários materiais, desde vidro a plástico (para não falar de serem gentis para o funcionamento da sua máquina de lavar loiça). Devem ajudar a suavizar a água para lavar a loiça e garantir que obtém loiça brilhante sem películas e devem dissolver sem deixar resíduos brancos ou películas que necessitem de um novo enxaguamento. Por último mas não menos importante, devem ser seguras para nós usarmos - dado que estão em constante contato com os pratos e com os talheres que usamos para comer. Não é uma tarefa fácil pelos nossos padrões!

Aqui vem a ciência
As pastilhas para a máquina de lavar loiça são feitas a partir de bases (para limpar e para eliminar a dureza da água), lixívias (para eliminar nódoas que se eliminem com lixívia), enzimas (para desfazer o amido e alimentos à base de proteínas) e surfactantes para manter os copos a brilhar. Existem também ingredientes auxiliares, assim como os desintegrantes que são responsáveis por dissolver as pastilhas e garantir que todos os ativos se estão a dissolver rapidamente na lavagem. É uma composição química bastante apurada - o novo Finish Quantum Max demonstra-o na perfeição, e ajuda a obter resultados brilhantes. Contudo, um potencial potenciador é a temperatura em que trabalham a maioria das máquinas (normalmente entre 55°C e 75°C). Enquanto que as temperaturas quentes são melhores para dissolver gordura, as enzimas responsáveis por remover o amido e as proteínas só funcionam em temperaturas mais baixas. Em conformidade, estas fazem o seu trabalho logo no início do ciclo de lavagem para que quando as coisas começarem a aquecer e elas se tornarem ineficazes, já terminaram o seu trabalho e já se despediram. Inteligentes, não?

Testadas e comprovadas
Se já teve o prazer de esfregar leite fervido do fundo de uma frigideira ou de lavar pratos com gema de ovo queimada e ressequida, ficará contente em saber que a pastilha que coloca na sua máquina de lavar loiça foi rigorosamente testada e comprovada que é eficaz contra tudo o que referimos acima, assim como outros favoritos da família como o chá, café e massa. Para além disso, nos testes, todas as máquinas de lavar loiça foram analisadas minuciosamente para verificar possíveis películas oleosas, manchas brancas e perda de brilho no seguimento do ciclo de enxaguamento e de secagem, e se a pastilha não tivesse obtido nota máxima em tudo o referido, não seria completamente adequada para o seu fim.


Então agora já sabe! A ciência por detrás da humilde pastilha da máquina de lavar loiça é a química no seu melhor. Será certamente algo em que pensar quando utilizar a sua caneca limpa e brilhante para desfrutar do seu café da manhã!